LP ORDEM NATURAL - Gatefold/Importado

R$ 79,90
ou 6 x R$ 15,13
Produto esgotado. Clique aqui para ser avisado
quando o produto estiver disponível.
LP Importado Colorido, capa dupla (Gatefold), série limitada numerada da nova formação de Lumbriga e Gato Congelado acompanhados de DJ Mako e Marcelo Munari.

"Deixai que os fatos sejam fatos", decretou Chico Science antes de fazer sua
passagem pro Próximo Plano. Mesmo que sem caso pensado, o quarteto formado pelos
microfones de Lum & Gato Congelado, os toca-discos do DJ Makô + a guitarra de
Marcelo Munari, seguiu `a risca esse mote.
Fizeram música como quem lava os pratos, sabendo que é ela que manda.
Cumpriram os prazos da inspiração, mesmo quando o imediatismo da sociedade
contemporânea pressionava no sentido contrário. Eis que 14 anos depois da primeira
faixa composta, chega ao mundo Ordem Natural, o disco, o grupo. Quem disse que o
tempo não pode esperar?
Rimas profundas, que tratam de forma luminosa, sincera e intensa, sobre as
entranhas da alma, aquela parte da existência que todo mundo conhece, mas prefere
não comentar. Mantém guardado num canto escuro do peito, dá um like no Facebook e
segue marchando.
Corajosos, ao expor falhas e fragilidades, os versos dessa dupla de MCs tem efeito
de sinal amarelo no trânsito: avisam que é hora de parar pra pensar, ouvir a voz da
sensibilidade, que mesmo o mais bravo dos brutamontes deve carregar consigo.
Desde o início, lá nos cafundós de Osasco, Gato & Lum já traziam a identidade
que grita em tom menor nas 10 faixas do álbum. O auto questionamento como
ferramenta na busca da felicidade e da evolução, individual e coletivamente falando,
sempre pautou a levada de ambos.
É possível perceber isso nos registros feitos durante as fases que em integraram o
escrachado Quinto Andar e o sisudo Subsolo. Mas foi depois do Sol e da chuva, de altos
e baixos, que chegaram ao equilíbrio. Sob o signo da maturidade, extraíram o melhor de
si até agora.
E os temas instrumentais do guitarrista, as batidas, timbres, as intervenções do
DJ, a arte da capa... tudo reflete, realça o sabor de lusco-fusco, de encontro com a Mãe
Natureza e com a natureza do ser de cada um.
Mas alcançar tal objetivo existencial está longe de ser tarefa simples. Imagina
então lapidar a tradução lírica + sônica adequada a uma jornada tão ampla e tão
aguda! Talvez isso ajude a entender a razão de tanta estrada percorrida pela intrépida
trupe até o resultado que é tema dessas linhas.
Distante de qualquer clichê raso que o transeunte desatento possa ter em mente
quanto se fala de artistas de rap, o negócio aqui é denso. Não tem intenção de balançar
bundas. Demanda atenção. Assim sendo, recomendo mergulhar de cabeça, abrir o
chakra e deixar a energia entrar... pela ordem.

                                                                                          Rodrigo Brandão
• Prazo para postagem:
Veja também